Rosácea

A rosácea é uma doença dermatológica crônica com episódios de eritema (vermelhidão) que, nas fases mais avançadas, são acompanhados por lesões semelhantes aos da acne.

Acomete principalmente a região central da face (nariz, região malar, queixo). As causas ainda não foram totalmente descobertas, mas sabemos que ocorre uma alteração na microcirculação da pele. Sob estímulo (calor, estresse, alimentos condimentados e sol) os pequenos vasos sanguíneos da pele dilatam de forma exagerada e demoram muito tempo para voltar ao normal, o que gera os episódios de vermelhidão.

Com o passar do tempo, ocorre um processo inflamatório na pele, o que leva a pele a ficar permanentemente avermelhada. Além da predisposição genética, sabe-se que alguns fatores estão relacionados com o surgimento e a piora do quadro: exposição ao sol, consumo de álcool, estresse, comidas apimentadas, comidas e bebidas quentes, mudança bruscas de temperatura e alguns medicamentos.

O tratamento pode ser feito localmente (cremes e géis), por via oral ou combinados. O uso de protetor solar com fator de proteção pelo menos 30 é essencial.  Alguns tipos de laser podem ser usados para a redução do avermelhamento.

Não há cura para a rosácea, mas ela pode ser totalmente controlada. O tratamento, entretanto é lento e inclui mudanças no estilo de vida, buscando evitar os fatores desencadeantes Existem diferentes tipos de rosácea e para cada um existe um tratamento adequado, assim como para cada tipo de pele, portanto o tratamento é personalizado e deve ser feito sob orientação médica.